quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Folha de Outono...


O vento lá fora estremece,
O meu coração adormecido,
Que vibrando no peito aquece
O sentimento há muito esquecido.


As folhas das árvores deixam-se cair,
Exaustas por tanto lutar,
Assim também eu me entrego sem sentir
O suave gosto de um dia te amar.


E voa que nem aquela folha,
Que depressa o chão sente.
E na esperança tudo olha,
Em busca daquele sopro quente.

1 comentário:

motadias disse...

NO COMMENT...