quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Penumbra...


Na escuridão da noite, como que por magia
Teus lábios procuram-se em mim.
Olhos mágicos de feitiçaria
Beijam meu corpo jasmim.


Brotam beijos teus,
Rasgam-se nuvens de marfim.
Nascem desejos meus,
De um amor que não tem fim.

4 comentários:

NETMITO disse...

Linda musica...
Mas não tão bela como a teu alma...
Bjs*)

NETMITO disse...

tua*

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
John Lemmos disse...

A penumbra é o habitat por excelência do medo e dos seus monstros...
Mas é na deliciosa penumbra da noite que acontece o AMOR

**beijo**